3 comentários

BOMBA: O ESTADO DO PARANÁ QUEBROU!

Palácio Iguaçu, Sede do Governo do Estado durante sua reinauguração em 2010 - Foto: Divulgação

Palácio Iguaçu, Sede do Governo do Estado durante sua reinauguração em 2010 – Foto: Divulgação

A jornalista e blogueira Roseli Abrão considerada uma das com maior credibilidade no estado do Paraná pelas suas reportagens de caráter político, chamou a atenção ao revelar a crise que devasta o Palácio Iguaçu. A informação republicada no jornal “A Gralha” foi fundo na ferida de Beto Richa e sem meias palavras e nem mais delongas reproduziu o texto de Roseli: O Estado quebrou.

Leia a reportagem: 

Roseli Abrão é o supra-sumo da reportagem política. Discreta, percorre os corredores do poder com chinelas de pano. Atenta, guarda tudo na memória. Precisa, anota palavra por palavra que ouve. Detalhista indesmentível, grava tudo com seu temido tijolinho.

Do tempo em que José Richa ocupava o Iguaçu e Requião era um dono de loja de móveis que militava no PMDB, Roseli Abrão é dona de um astrolábio de prisma que lhe indica onde estão e para onde se encaminham as estrelas desse estranho (não para ela) firmamento da política.

O texto que Roseli Abrão publicou na tarde desta quarta-feira, em seu blog, é uma bomba de alguns megatons para sacudir o Iguaçu e cercanias. A assessoria do Palácio diz que não é bem assim e explica, depois da nota de Roseli. Mas que existe (muita) preocupação, para não dizer acessos de choro, isso lá existe.

Leia, sem aspas

Beto Richa quebrou o Paraná?

Beto Richa quebrou o Paraná?

Há quem revele que os nervos de todos os inquilinos do Palácio Iguaçu, mesmo depois da “positiva” reunião do governador Beto Richa e a presidente Dilma Rousseff, estão à flor da pele.

Rescaldo da reunião do Conselho de Gestão de segunda-feira e da revolta que toma conta da maioria dos secretários contra a titular da Secretária da Fazenda, Jozélia Nogueira.

Fontes bem informadas revelam ao blog que ao dizer não à maioria dos pleitos dos secretários, Jozélia chegou a ser acusada de inviabilizar a reeleição do governador Beto Richa.

A reclamação é uma só: Jozélia fechou o cofre, não liberando nem mesmo para gatos (N.R.: erro de digitação; obviamente ela quis dizer gastos) corriqueiros, como autorização para compra do rancho dos quartéis.

A gota d água, dizem, foi quando negou autorização para a contratação de estudos pela Fipe para avaliar se é mais barato contratar empresa de fornecimento de refeições prontas ou fazer a merenda nas escolas.

Quando disse que não há recursos para honrar as promessas do governador Beto Richa de fornecer calcário e diesel para os municípios, coisa de R$ 150 milhões, o caldo entornou.

Dois secretários especificamente – Norberto Ortigara e Reinhold Stephanes – “rodaram a baiana”.

Jozélia insiste que não há dinheiro e, para ela, alguém deveria informar o governador, não fazê-lo assumir compromissos que não é possível honrar.

Tanto é assim que – contam – para pagar a última folha de pagamento teve que retirar alguns milhões de fundos consignados, usando o próprio CPF.

Ou seja, a situação está preta.

Em simples palavras, o Estado quebrou.

Agora o Palácio Iguaçu

A versão oficial, passada à tarde à Gralha, diz que a secretária Jozélia está cumprindo ordens do governador Beto Richa. Ele já havia determinado publicamente o corte de gastos a todos os secretários e dirigentes de estatais. ”O Estado quebrou é meio forte”, disse uma fonte do governo. “O Paraná colocou dinheiro na frente, numa série de ações, e a concessão dos empréstimos foi retardada. É esse o principal motivo das dificuldades”, justificou.

De perfil diferente do do secretário Luiz Carlos Hauly, bem mais político, Jozélia Nogueira é técnica, ou seja, não precisa agradar ninguém. “Ela não faz nada por conta. Cumpre ordens do chefe”, resumiu a fonte.

Jozélia Nogueira deverá publicar nesta Gralha, nos próximos dias, artigo detalhando a situção financeira do Estado.

Quanto a Roseli Abrão, não deixar de prestar atenção a suas informações, principalmente quem joga esse xadrez político, é como piscar em duelo. Depois pode ser tarde demais.

 Do Diário do Estado com A Gralha e Roseli Abrão

 

Anúncios

3 comments on “BOMBA: O ESTADO DO PARANÁ QUEBROU!

  1. Dizer que o Beto Richa é o responsável pela quebra evidente da capacidade de investir do Estado é forçar um pouco, não?

  2. Si o governador nao foi capas de covernar Curitiba como pode governar o Estado

  3. Quem desejar saber de denúncias contra a Fundação Araucária, ligada a SETI, secretaria do Governo do Estado do Paraná, onde constam dois testes seletivos direcionados, com aprovação de funcionários da própria FA, aprovação de estagiários que trabalhavam no TC/PR e aprovação de funcionários da SETI, é só enviar email que podemos conversar. Esclareço que as denúncias ao TC/PR foram analisadas e nada a declarar… risos… ao MP as denúncias estão a mais de um ano…
    edevaldocuritiba@gmail.com

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: