Deixe um comentário

Padre João Batista Libânio morre aos 81 em Curitiba

 

DE SÃO PAULO’

30/01/2014  15h35 Folha de São Paulo

Morreu, na manhã desta quinta-feira (30), em Curitiba (PR), o padre jesuíta João Batista Libânio. O religioso, que tinha 81 anos, foi vítima de um infarto. Ele era primo de Frei Betto, que, assim como Libânio, é um dos maiores teóricos da Teologia da Libertação.

Por mais de 30 anos, padre Libânio dedicou-se ao magistério e à pesquisa teológica, o que levou ao seu reconhecimento mundial. Ele escreveu 36 livros e foi coautor de vários outros.

O religioso era doutor em Teologia, professor na Faculdade Jesuíta de Filosofia e Teologia e vigário da Paróquia Nossa Senhora de Lourdes, em Vespasiano.

  Divulgação/Portal Jesuitas  
Padre jesuíta João Batista Libânio, que morreu aos 81 anos
Padre jesuíta João Batista Libânio, que morreu aos 81 anos em Curitiba (PR)

O sacerdote foi assessor da CRB (Conferência dos Religiosos do Brasil) e colaborador no Instituto Nacional de Pastoral e em comissões episcopais da CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil).

A CNBB, a Faculdade Jesuíta de Filosofia e Teologia e a Arquidiocese de Belo Horizonte emitiram notas oficiais lamentando a morte do jesuíta.

Em entrevista concedida em 2002 ao “Jornal de Opinião”, padre Libânio disse que a “opção pela Teologia da Libertação foi um desabrochar de toda uma vida”

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: