Deixe um comentário

DE CARNEIRO EM CARNEIRO…

Já é hora de dormir, não deixe mamãe mandar, um bom sono pra você e um alegre despertar… (Cobertores Paraíba). Diz-que que Severo Gomes, assim como  o velho Fruet, criava carneiros. Fruet inventou um tal de carneiro afrodisíaco, para servir em ocasiões especiais a autoridades.

Pois é. Do casamento entre o PT e Gustavo Fruet, o filho, parece ter surgido uma outra prática, também com carneiro. É o carneiro de Peabiru. Esse flagrado em duas Kombis da Secretaria de Saúde, já temperado, para servir em jantar ao ex-presidente Lula et comensais da Gleisi. Não se sabe se o efeito afrodisíaco do carneiro foi retirado com medo de comportamentos tipo do Gaievski.

PT desmente, mas MP investiga denúncia de carneiro para Lula

Segunda-feira, 17 de Março de 2014 – 14:40 hs

O prefeito de Peabiru, Claudinei Antonio Minchio (PT), deverá explicar até a próxima segunda-feira (24), como foi adquirido e qual era o destino de um lote de carne de carneiro temperada localizado no interior de uma kombi da Secretaria Municipal de Saúde da cidade, utilizada para transporte de pacientes. Na sexta-feira (14), o Ministério Público de Peabiru flagrou o transporte irregular da carne ao realizar uma operação embasada em denúncia que informava que a carne encontrada fora adquirida com recursos destinados a Merenda Escolar do município e seria transportada para Curitiba, onde seria servida em almoço oferecido ao ex-presidente Lula, preparada como “Carneiro ao Vinho”, prato típico de Peabiru. O almoço, com a presença de 15 empresários, ocorreu na chácara do ex-deputado federal Flávio Martinez (PTB) e serviu para “vender” a candidatura de Gleisi.

A informação exclusiva do blog, publicada no sábado (15), foi desmentida na manhã de hoje pelo diretório estadual do PT que em nota afirmou “ser “absolutamente fantasiosa, em toda a sua íntegra, a publicação”. Apesar do desmentido, o Ministério Público lavrou um Termo de VIstoria durante a operação e deu prazo de dez dias para que o prefeitura apresente explicações.

O documento do MP, assinado pelo promotor André Del Grossi Assumpção, confirma a operação, motivada por denúncia. O procedimento foi registrado no MP de Peabiru, contendo várias fotos do lote de carne localizado e das duas kombis da prefeitura vistoriadas. Servidores da prefeitura ouvidos pelo promotor alegaram que os veículos estavam emprestadas à Secretaria de Administração e que a carne seria destinada “a preparação do prato típico da cidade por ocasião de determinada reunião governamental”. Não conseguiram informar porém, o local da “renião governamental” e nem apresentaram notas fiscais da compra da carne.

No mês passado, em entrevista ao portal G1 (veja aqui), o secretário de Educação de Peabiru, Fábio Sexugi, informou que a carne de carneiro seria incluída na merenda dos estudantes da rede municipal. Segundo a reportagem, o município apresentava “uma merenda ‘inovadora’ com a ideia é seguir tradições culinárias da região, além de melhorar a nutrição.”

Veja acima a integra do Termo de Vistoria do Ministério Público de Peabiru.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: