Deixe um comentário

NOTÍCIAS CONTRADITÓRIAS SOBRE A INFLAÇÃO E SUAS CONSEQUÊNCIAS

Em duas matérias publicadas pelo mesmo jornal – O Globo – temos versões diferentes sobre a inflação e suas consequências para a classe média. 

Inflação corrói nova classe média

  • Alta de preços reduz em R$ 73 bilhões consumo de brasileiros que subiram na pirâmide social

Catia Soares, com as duas filhas (Beatriz, de branco, e Isabela, de azul) precisou adequar os hábitos de consumo: criou o ‘dia da carne’ e o ‘dia da fruta’ Guito Moreto / O GLOBO

BRASÍLIA E RIO – A escalada da inflação atinge de forma perversa a parcela da população brasileira que ascendeu para a classe C e passou a consumir produtos e serviços antes inatingíveis. O dragão abocanhou R$ 73,4 bilhões desse grupo nos últimos 12 meses, segundo estudo do Instituto Data Popular, feito a pedido do GLOBO. A classe C movimenta cerca de R$ 1,17 trilhão por ano, calcula o instituto. Nos últimos 12 meses, a inflação acumula alta de 6,28%, pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). A mordida no orçamento só não foi mais doída porque a renda da classe C continuou a subir. No entanto, ainda em fase de expansão, a nova classe média já está dividida. Boa parte se encontra em uma “zona de rebaixamento” e corre o risco de voltar à classe D por causa das condições da economia brasileira: combinação de inflação persistente e juros altos.

Segundo uma estimativa construída pela corretora Gradual, dos 108 milhões de pessoas da classe C, cerca de 10 milhões estariam na fronteira da classe D e seriam mais vulneráveis a um rebaixamento. Elas ascenderam à classe média (grupo que, segundo os critérios da Data Popular, tem renda familiar de R$ 1.216 a R$ 4.256) com o aumento dos ganhos salariais no passado, mas ainda têm renda errante que pode diminuir ao sabor do quadro econômico.

— O dilema na mesa do Banco Central é se deve controlar a inflação de serviços, que atualmente roda em 8,99%, por meio de uma elevação da taxa básica de juros a tal patamar que jogaria a nova classe C de volta ao subconsumo da classe D (com o aumento do juro, o crédito fica mais caro) — explica o economista-chefe da Gradual, André Perfeito.

Marcelo Neri:‘Índices de inflação estão superestimados’

  • O ministro da Secretaria de Assuntos Estratégicos admite inflação alta, mas diz que a classe média resiste

·                                

 

  •  
  •  

 

Atualizado:25/05/14 – 11h10

Resistência. Neri reconhece que inflação é problema muito sério, mas que metas têm sido cumpridas pelo governo Ailton de Freitas / O GLOBO

A inflação pode causar um retrocesso nas conquistas da nova classe C?

A classe média vai ter que mostrar que veio para ficar a cada dia, a cada mês. Entretanto, os dados revelam uma resiliência da classe média, seja em relação à inflação, seja em relação ao crescimento e aos juros. Todas as intempéries macroeconômicas não derrubaram a classe média e, mais do que isso, não impediram a continuidade do avanço. É verdade que a inflação aumentou, está num nível alto, próximo do topo da meta, mas a classe média e os brasileiros em geral têm obtido ganhos de salários reais, e a desigualdade está caindo.

E quanto ao sentimento generalizado de que a inflação está acima do que os índices oficiais registram?

A inflação que importa para o brasileiro é quanto aumentou a cesta que ele consome, e o INPC e o IPCA (índices calculados pelo IBGE) estão um pouco superestimados, porque se sobe o preço do tomate, eu consumo menos tomate. Estes índices são conservadores. Nos Estados Unidos, os índices de preços são encadeados, e a cesta vai mudando. Na semana passada, discuti essa ideia com o Banco Central e o pessoal concordou.

  

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: