Deixe um comentário

Eduardo e Marina inauguram comitê  em S. Paulo e aceleram a campanha

 

O ponto alto da inauguração do Comitê Central da campanha de Eduardo e Marina, ocorrido nesta segunda-feira (21), em São Paulo, foi o discurso do candidato, que criticou duramente a atual política econômica do governo e prometeu “curar o Brasil” e mudar as atuais prioridades políticas. “O governo interrompeu os investimentos no Brasil ao elevar a taxa de juros às maiores do mundo, provocando desaceleração econômica”, denunciou Eduardo. “O governo que prometeu a taxa mais baixa, entrega a maior taxa do planeta. O aumento de 4 pontos percentuais nos últimos meses representam um crescimento de quase R$ 110 bilhões nos gastos com a dívida”, destacou.

Ao lado de Marina Silva, candidata a vice-presidente, Eduardo manifestou apoio à proposta do movimento Saúde+10, em defesa do repasse integral de 10% das receitas correntes brutas da União para o sistema de saúde pública. O Saúde+10 é um movimento integrado pelas mais importantes entidades do setor, como o Conselho Federal de Medicina (CFM) e a Associação Médica Brasileira (AMB) e tem o apoio da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB).

A inauguração do Comitê Central da Coligação “Unidos pelo Brasil” (PSB, REDE, PPL, PPS, PHS, PRP e PSL) contou com a presença de parlamentares e lideranças dos partidos aliados, como a deputada Luiza Erundina (PSB-SP) e os deputados Roberto Freire (PPS-SP), presidente nacional do PPS, e Márcio França, presidente do PSB-SP. Também estiveram presentes o presidente do PPL de São Paulo, e candidato a deputado federal, Miguel Manso, o presidente do Conselho Federal de Medicina, Roberto D’Avila, a secretária-geral da UNE, Iara Cassano, o presidente da CGTB, Ubiraci Dantas e representantes de outras associações do setor de saúde e de movimentos sociais. O comitê está instalado na rua Borges Lagoa, 1.341, no bairro Vila Clementino, na zona sul da cidade de São Paulo.

Em seu discurso, Marina Silva disse estar confiante que a coligação conseguirá mostrar ao Brasil que “a nossa união é para que se estabeleça um novo tempo, um tempo em que o governo se orienta por uma agenda, uma agenda que vai além do mandato de quatro anos”. A ex-ministra e ex-senadora disse que “a principal aliança é com o povo brasileiro”, que será responsável pela eleição de Eduardo Campos presidente. “Nós estamos aqui aprofundando a principal aliança, que não nos dá tempo de televisão, mas nos dá tempo de interlocução. Se a aliança for com a sociedade brasileira, nós teremos a ampliação da nossa voz, do nosso discurso, do nosso sonho de fazer uma política para unir o Brasil, não para separar o Brasil”, disse Marina.

Depois de assumir o compromisso de universalizar o acesso à escola integral e implantar o passe livre para os estudantes, Campos prometeu, ainda, criar uma carreira federal para a categoria médica e fez críticas a alguns aspectos do programa Mais Médicos, do governo federal. “Não podemos permitir que a política de saúde seja simplesmente idealizar os que vêm de fora como generosos e os que aqui estão como os carrascos. Não. A política generosa é aquela que, com mais recursos financeiros e humanos, nos permita fazer um sistema único de saúde que respeite a cidadania brasileira”, afirmou o candidato. Ele disse que os recursos existem. “É só uma questão de prioridade. Uma questão de escolhas certas”, disse.

“Temos que dizer não ao subsídio aos juros a grupos econômicos que a gente nem sabe quem são. Essas contas poucas vezes são cobradas. Quando se consegue em Brasília R$ 100 bilhões em desonerações, como aconteceu nos últimos anos, boa parte deles jogados nas costas de Estados e municípios, ninguém pergunta de onde vai se tirar esse dinheiro”, denunciou. “Quando o Brasil toma a decisão de colocar mais de R$ 50 bilhões no setor elétrico por erros crassos do atual governo, de responsabilidade quase exclusiva de sua excelência a presidente da República, que fez o setor elétrico passar pelos mais duros momentos de sua história, ninguém pergunta da onde vem 50 bi para botar nos cofres das companhias distribuidoras de energia, a maioria delas sob o comando de empresas que não são daqui”, prosseguiu Eduardo.

Ele fez questão de ressaltar que a solução dos problemas está nas “prioridades certas” para atender aos anseios do povo. “Esta é uma conta muito simples. Nessas escolhas que faremos, nós vamos encontrar os R$ 38,7 bilhões a mais para a saúde. Nós vamos encontrar os R$ 12 bilhões do passe livre”, frisou. O candidato denunciou que a política equivocada do governo fez pararem os investimentos no Brasil. “Geraram sobre o Brasil expectativas negativas”.

“Elevou-se os juros no governo que prometeu desenvolvimento e se transformou no governo que menos cresceu em toda a história republicana. O governo que prometeu o desenvolvimento, freou o Brasil. O governo que prometeu a taxa de juros mais baixa lega ao Brasil hoje a taxa de juros real mais alta de todo o planeta”, destacou o candidato do PSB.

O auditório ficou completamente lotado pelos apoiadores de Eduardo Campos e Marina que vieram de vários estados para a inauguração do comitê. Falaram também, além de Eduardo e Marina, os representantes dos partidos políticos da coligação e dos parlamentares. Os destaques foram para a deputada Luiza Erundina, muito aplaudida, quando conclamou os presentes a irem para as ruas a tomarem em suas mãos a tarefa de eleger Eduardo e Marina, e Miguel Manso, presidente do PPL-SP, ao assinalar que os juros altos praticados por Dilma estão impedindo o país de investir e de crescer e que isso impede o governo de atender às necessidades do país e do povo.

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: